theme by Querido Ciúmes

My foolish dreams.

Do you like
it here...?








Tenho andado muito pensativa. Qual o propósito de viver? Pra onde vamos depois daqui? Eu não vou lembrar de nada que vivi?
Queria que o tempo voltasse pra que eu pudesse aproveitar mais. Ter ficado mais com a minha familia, ter feito o que eu queria, ter ficado menos trancada no quarto… Tem horas que os pensamentos escorrem pelos olhos e eu simplesmente não sei o que fazer, eu não quero pensar mas é inevitável.

As vezes é preciso mudar. Tô cansada de só ouvir não, e só dizer sim. As vezes acho que sou boa de mais com as pessoas, e elas fazem o que quer comigo. Todas elas. Sou muito bobinha. E não da pra ser assim a vida toda. Mas como mudar? Como se tornar uma pessoa que você não é? A questão não é mudança, e sim amadurecimento. Não da pra servir de tapete a vida toda.
Se a gente é ruim, não nos damos bem. Se somos bons, é igual. Irônico? Tem algumas coisas que me pertubam. Eu preciso escrever. Pode soar confuso. Mas meus pensamentos são confusos. De uma coisa eu sei, cansei de só ouvir não, e só dizer sim. “Trate as pessoas como elas tratam você.”

"Me fez feliz como ninguém, me faz triste como jamais fui.
Caio Augusto Leite.   (via autografia)
"E ela tem uma mania besta de se preocupar com os outros…
Gabito Nunes. (via so-quotes)

(Fonte: quotteando)

"Você procura por alguém que cuide de você quando está doente, que não reclame em trocar aquele churrasco dos amigos pelo aniversário da sua avó, que jogue “imagem e ação” e se divirta como uma criança, que sorria de felicidade quando te olha, mesmo quando você está de short, camiseta e chinelo.
Mário Quintana.  (via segredou)

(Fonte: 0bjetividade)

"Todo mundo tem suas manias, eu tenho as minhas. Mania de mexer no cabelo de 5 em 5 minutos, falar alto, encarar quem me olha demais. Mania de pensar demais em você, de acreditar em horas iguais, mania de ficar imaginando coisas antes de dormir, mania de rir por bobeira e de chorar de nervoso, aliás, mania de chorar por tudo, mania de escutar uma música e ficar me imaginando nela, mania de mudar de humor constantemente, mania de ver minha vida como se fosse um filme, na maioria das vezes um conto de fadas que ainda vai ter um final feliz, mania de ter medo de tudo, de falar o que eu sinto e de te perder. Mania de pensar no que já fiz, mania de repeti-las mesmo que me arrependa. Mania de precisar ter você do meu lado.
Tati Bernardi.  (via autografia)

(Fonte: umoutrocaminho)

"Do que eu tenho medo? Deixa eu ver. Sei lá, de repente de chegar um dia e ver que foi tudo em vão, que não valeu a pena, cada gesto ou cada ação, cada investimento e concessão. Sabe aquela cena clássica no restaurante? Os dois jantando em silêncio, a mulher olhando para os lados atrás de casais iniciantes, mais felizes e vivazes que o relacionamento dela, o homem com o olhar atrás de um traseiro mais durinho. Eu tenho medo de um dia acordar e sentir que acabou.
Gabito Nunes.   (via autografia)

(Fonte: inverbos)

Ei Deus, obrigado pela mãe que me deu.
Página 1 de 230 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »